Ações integradas da STTP garantiu mobilidade urbana durante o São João

A Superintendência de Trânsito e Transportes Público, da Prefeitura de Campina Grande, já contabiliza com sucesso a execução do plano operacional de trânsito e   transportes durante os festejos do Maior São João do Mundo, quando desde o mês de maio esteve desempenhando várias ações integradas de mobilidade urbana.

O trabalho bem planejado foi desenvolvido diuturnamente por várias equipes que garantiu um monitoramento eficaz de transporte público, e do fluxo de trânsito, seja no entorno do Parque do Povo e na área central da cidade, como também nas operações nos distritos de São José da Mata e Galante, que apresentaram novamente um movimento recorde de veículos e de pessoas, exigindo reforço nas equipes de fiscalização de agentes trânsito.

Para o superintendente Félix Neto, “este foi um ano esplêndido. Todo nosso plano operacional foi desempenhado com afinco pelos nossos distintos colaboradores, que além de garantir uma mobilidade rápida e eficiente aos forrozeiros, também superaram a missão de sediar dois grandes fóruns nacionais de discussão do trânsito, e ainda dar  conta do nosso camarote da acessibilidade, no Parque do Povo,” disse o dirigente, adiantando ainda que o trabalho coeso e de equipe através dos fiscais de transportes e dos agentes de trânsito, e todo o pessoal de apoio, refletiu sobre maneira na excelência dos serviços à população.

Em números, para operacionalizar o plano de mobilidade a STTP contou com um efetivo de 60 agentes de trânsito e 17 fiscais de transportes, em revezamento. Foram 900 escalas de agentes de trânsito no período, somente referente aos finais de semana. Para o trabalho diário, as operações contavam com 09 viaturas e 18 motocicletas, distribuídos nos três turnos de plantões, ou de acordo com a demanda exigida pela programação do São João.

Nos trinta dias de festa foram mais de 75 interdições realizadas através de ofícios; 233 interdições no entorno do Parque do Povo e no distrito de Galante, além do apoio em 23 eventos, dos mais variados tipos, que receberam apoio de agentes de trânsito sem a necessidade de interdição.

O plano de trânsito da STTP contou ainda com equipes de plantão de sinalização e do setor de semafórica, fazendo-se presente  também os gerentes setoriais e seus auxiliares direto, que trabalharam com estratégias operacionais em parceria com as policias Militar e civil, Cptran, e Bombeiros, Samu, e Guarda Municipal, antenados com o Ministério Público.Os estacionamentos regulamentados ficaram estabelecidos de acordo a garantir o tráfego no entorno do Parque do Povo. O sistema rotativo de estacionamento Zona Azul Social, com 350 vagas, garantiu uma maior otimização na utilização das vias. Idosos e deficientestiveram a garantia de 15 vagas, cada categoria, nos locais com estacionamentos regulamentados. Os ônibus de Turismo, contaram com locais estratégicos de embarque e desembarque; assim como para os veículos com serviços de Carga/Descarga.

Em Galante e São José da Mata toda a operação de trânsito e transporte público foi executado com sucesso, com pontuais alterações, objetivando garantir conforto e segurança, melhorando a locomoção e chegada dos forrozeiros, recebendo o reforço e parceria no trabalho de fiscalização com o DER, o BPTran e Polícia Rodoviária Federal.

Transporte Público – Durante os trinta dias de festa os serviços de transporte público de passageiros foram monitorados diariamente, por uma equipe de 17 fiscais da STTP, garantindo o cumprimento do cronograma de serviços disponibilizados.

A frota de ônibus funcionou de forma especial e com ônibus extras durante o período junino, já a partir das 05hs da manhã até o final da festa, com a STTP modificando o quadro de horários de ônibus saindo do Terminal de Integração, com horários extras, a partir da meia noite, de acordo com a programação de shows, ou nos ajustes de frota. Garantindo segurança para os passageiros, o Terminal de Integração todas as noites recebeu o apoio em conjunto da Guarda Municipal e da Policia Militar.

Ninguém dormiu no ponto e os forrozeiros puderam contar ainda com as informações em tempo real dos horários de chegada e de partida dos ônibus com o recurso de atualizações dinâmicas do Google Transit através do celular, ou nas telas dos painéis eletrônicos instalados no Terminal de Integração, ou nos pontos de parada das Damas e da Prefeitura.

Com as várias interdições programadas e realizadas no entorno da festa, a prefeitura recomendou a população que evitasse circular de carro pela área do Parque do Povo, dando preferência ao transporte público de passageiros, seja coletivo, através dos ônibus urbanos, ou individual, através de taxis e mototaxis.

O serviço de táxi funcionou com uma frota de 583 veículos, sempre disponível nas ruas próximas das entradas e saídas do Parque do Povo. Já os 1000 mototaxistas credenciados da prefeitura ficaram com pontos de embarque estrategicamente localizados nas ruas Sebastião Donato e Treze de Maio.

Para o distrito de Galante, nos principais dias de festa, foi disponibilizado uma frota de oito ônibus fazendo o trajeto Campina Grande/distrito/Campina Grande, sempre num intervalo de 15 minutos, garantindo aos usuários uma viagem rápida e segura, inclusive com opção do embarque e desembarque também no Terminal de Integração.

Camarote da Acessibilidade – em sua terceira edição, num espaço coordenado pela prefeitura através da STTP, o Camarote da Acessibilidade ofereceu oportunidade a cerca de 900 idosos e pessoas com deficiência, e seus acompanhantes, de participarem da festa junina no Parque do Povo, mas que não tinham possibilidade de ficarem no meio da multidão.

“Bebeu? Seja passageiro” – Equipes da divisão de educação de trânsito da STTP, realizaram comandos educativos integrado, da Campanha “Bebeu? Seja passageiro”, no posto da PRF em Santa Teresinha, na BR 230, no Parque do Povo e na Vila Junina. O foco da campanha foi alertar que dirigir após ingerir bebida alcoólica coloca em risco a vida não apenas do motorista, mas dos passageiros no veículo e das pessoas à sua volta.

Mensagens Interativas – Foi implantado um painel eletrônico de mensagens variáveis, na Avenida Brasília, objetivando auxiliar os condutores de veículos através de diversas mensagens dinâmicas e diretas sobre as situações variáveis da via, tais como, acidentes, congestionamentos, direcionamento do tráfego, emergências, rotas alternativas, obras e condições meteorológicas adversas, e especialmente no período junino, recebendo inúmeros turistas foi veiculado mensagens do tipo – “Seja bem vindo à cidade do Maior São João do Mundo”.

Premiação Maio Amarelo – Novamente, coroando todo um trabalho de uma equipe aguerrida que faz e que pensa pela mobilidade urbana, pelo terceiro ano consecutivo, a cidade de Campina Grande foi premiada no último dia 28, durante evento na cidade de Natal/RN, pelas melhores ações realizadas este ano por municípios em maio, reconhecido como o mês de prevenção aos acidentes de trânsito. Através da STTP, a prefeitura recebeu a premiação destaque prata “Maio Amarelo”, como a melhor campanha educativa do país, categoria poder público.

Debates – Ainda neste período junino, de 02 a 05 de julho, a cidade de Campina Grande recebeu dois grandes eventos de referencia nacional, capitaneados pela STTP, para discutir a gestão do trânsito no país durante o XI Fórum Nacional dos Conselhos de Trânsito (Focotran), e a 94º Reunião do Fórum de Secretários e Dirigentes Públicos de Mobilidade Urbana.

Fonte: Codecom

COMPARTILHE