Comunidade escolar elege gestores escolares da Rede Municipal de Campina Grande

A comunidade escolar elegeu e reelegeu os gestores escolares do Sistema Municipal de Ensino de Campina Grande para o triênio 2019-2021. O pleito ocorreu nas escolas e creches do município nessa terça-feira, 4, com a votação de professores, funcionários, alunos e pais de alunos ou responsáveis legais.

O processo eleitoral foi realizado pela Secretaria Municipal de Educação (Seduc) e acompanhado por uma Comissão Central que tratou das especificações legais do pleito como: registro da chapa; deferimento das candidaturas; processo de votação; e apuração dos votos.A comissão foi formada por representantes das gerências de ensino fundamental e infantil; diretoria de apoio às escolas; o Sindicato dos Trabalhadores Públicos Municipais do Agreste e da Borborema (Sintab); o Conselho Municipal de Educação; além da Inspetoria Técnica de Ensino.

De acordo com a secretária de Educação do município, Iolanda Barbosa, os gestores irão passar por formações, ainda neste mês, focadas na gestão administrativa, financeira e pedagógica, para que deem continuidade ao trabalho realizado nas escolas e creches a partir de fevereiro de 2019, quando começa o ano letivo.“Os gestores que foram eleitos necessitam passar por um curso de formação que está estabelecido em lei, com a carga horária específica, que é uma das condições para que ele possa receber a portaria de gestor. A gente entende a importância da formação para o alinhamento de um trabalho que envolve a gestão administrativa e financeira, considerando que as escolas recebem um volume muito grande na transferência de recursos de merenda da secretaria para a escola, ou do Governo Federal via Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE)”, pontuou a secretária.

“Outro ponto que temos investido muito em nossas formações é na gestão pedagógica, garantindo que o gestor escolar acompanhe o processo de ensino e aprendizagem nas nossas escolas e creches na busca por resultados. O gestor escolar que assumir em 2019 vai receber um mapa da escola detalhando os resultados de desempenho de seus alunos; proficiência; fluxo escolar; e projeção de IDEB para os próximos anos, para que ele entenda que está assumindo um compromisso com a continuidade de um trabalho que vem sendo efetivado em nossa Rede de Ensino”, completou.

A eleição para gestor em Campina Grande contemplou o princípio da gestão democrática, instituída pela lei 6.151/2015, aprovada na Câmara Municipal e sancionada pelo prefeito Romero Rodrigues.

Fonte: Codecom

COMPARTILHE