Fábrica de Semáforos de Campina Grande é referenciada no 32º Congresso de Pesquisa e Ensino em Transportes

Na tarde da última segunda-feira, 05, durante o 32º Congresso de Pesquisa e Ensino em Transportes, que está sendo realizado na cidade de Gramado, no Rio Grande do Sul, o coordenador geral de Planejamento Operacional do Sistema Nacional de Trânsito (Denatran), Carlos Magno da Silva Oliveira, apresentou um artigo científico e estudo de caso concreto de sucesso sobre o Modelo Multicritério da Implantação de Semáforos em Campina Grande. O modelo, implantado pela STTP, novamente mostra que a cidade tem sido referenciada nacionalmente pela sua gestão de trânsito e transporte público para o país.

A defesa, do trabalho cientifico, ocorreu considerando a relação custo-benefício e a forma profissional na implantação dos equipamentos. Na ocasião, o prefeito Romero Rodrigues e o superintendente da STTP, Felix Neto, também foram homenageados pelo feito realizado na administração pública e na forma profissional do trato com o planejamento da Mobilidade Urbana de Campina Grande.“É sempre um orgulho fazer parte desse time do prefeito Romero Rodrigues, que tem dado todo apoio aos projetos oriundos da STTP. E saber que Campina Grande vem sendo citada nos mais diversos congressos ou seminários é resultado de um trabalho coeso, responsável, de uma equipe sempre aguerrida e com reconhecimento nacional, como esse de um dos principais diretores do Denatran”, disse o superintendente da STTP, Félix Neto.

O evento cientifico será realizado até esta quarta-feira, 07, no Centro de Eventos (FAURGS), promovido pela Associação Nacional de Pesquisa e Ensino em Transportes (ANPET), que é uma instituição sem fins lucrativos, criada com o propósito de atuar como um fórum especializado para discussão da pesquisa e ensino em transportes no Brasil. A ANPET possui, entre seus associados, especialistas e pesquisadores de grandes centros de pesquisa do Brasil e do exterior.

Durante os três dias de evento a programação é composta de mesas redondas, minicursos, workshops, palestras e reuniões de grupos de pesquisa, que discutem os problemas de transporte do local do evento e do Brasil, sem dispensar a importante contribuição de especialistas internacionais.

Fonte: Codecom
COMPARTILHE