Iniciada I Semana da Capoeira em Campina Grande

Com o objetivo de valorizar e incentivar a prática da capoeira em Campina Grande foi iniciada na manhã desta segunda-feira, 05 de novembro, a I Semana Municipal da Capoeira. A solenidade que marcou abertura do evento aconteceu no Centro de Tecnologia Educacional (CTE). Estão previstas atividades até o próximo sábado, 10, data da realização do 8º Seminário Capoeira – Educação e Cultura Afro-Brasileira.A Semana da Capoeira foi instituída pela lei 6.949/2018, sancionada pelo prefeito Romero Rodrigues, estabelecendo uma série de atividades práticas e teóricas a serem realizadas com foco na capoeira. A ação é realizada pela União dos Capoeiras do Planalto da Borborema (UCPB), em parceria com a Secretaria de Educação de Campina Grande (Seduc) e o Instituto Alpargatas.Para a secretária de Educação do município, Iolanda Barbosa, o evento é importante para o currículo escolar, no que se refere ao conhecimento da cultura e da identidade do povo brasileiro. “A atividade representa a culminância de um conjunto de ações que já estavam em curso dentro da Rede Municipal de Educação, não apenas com o projeto Capoeira nas Escolas como também com formações continuadas, através projeto Educação Pela Cultura, uma parceria com o Instituto Alpargatas”, ressaltou.

Já o diretor-executivo do Instituto Alpargatas, Berivaldo Araújo, destacou o papel pedagógico da capoeira nas escolas municipais. “Nós estamos com o projeto Capoeira nas Escolas em 100% das escolas municipais e já colhemos bons frutos ao longo desses 12 anos. A capoeira é importante não só para o desenvolvimento motor, como também no desenvolvimento e processo de inclusão dos alunos com deficiência”, disse.Por sua vez, o coordenador do projeto Capoeira nas Escolas e presidente da UCPB, Rosenberg Alves,  ressaltou a abrangência que a Semana da Capoeira terá no município de Campina Grande. “Conseguimos que a lei que estabelece a Semana Municipal da Capoeira fosse aprovada e sancionada e, a partir de hoje, a gente vai comemorar, discutir e falar sobre a capoeira, não só nas escolas municipais, mas em toda Campina Grande”, pontuou.Durante o evento, os gestores das 109 escolas municipais receberam um kit com berimbau, pandeiro e atabaque, que vão servir não só para as atividades realizadas no projeto Capoeira nas Escolas, mas também para todas as atividades previstas no calendário de ações pedagógicas que envolvam a temática da cultura Afro-Brasileira.

PROGRAMAÇÃO
Terça-feira, 06

8h às 10h – Museu de Arte Popular (Três Pandeiros)
Aulão e rodas de Capoeira com 100 (cem) alunos das Escolas: Vereador Antônio José Rodrigues, Iracema Pimentel, José Antônio Rodrigues e Capitão Severiano Fábio. (Distrito de Galante).

14h às 16h – Museu de Arte Popular (Três Pandeiros)
Aulão e rodas de Capoeira com 100 (cem) alunos das Escolas: Félix Araújo, Maria Cândida de Oliveira, Almeida Júnior e Anésio Leão. (Zona Leste)

19h – Praça da Bandeira

Roda de Capoeira do Grupo Cordão de Ouro.

Quarta-feira, 07

8h às 10h – Museu de Arte Popular (Três Pandeiros)
Aulão e rodas de Capoeira com 100 (cem) alunos das Escolas: São Clemente, Luiz Gil, Pinheiro Guedes e Pedro Otávio. (Distrito de São José da Mata).

14h às 16h – Museu de Arte Popular (Três Pandeiros)
Aulão e rodas de Capoeira com 100 (cem) alunos das Escolas: Padre Emídio Viana, Fernando Cunha Lima, Luiz Joaquim Avelino e Francisca Zena Brasileira. (Zona Norte).

19h – Praça Coronel Antônio Pessoa
Roda de Capoeira do Grupo Abadá Capoeira.
Praça de São José da Mata
Roda de Capoeira do Grupo Iá Iá Capoeira.

Quinta-feira, 08

8h às 10h – Museu de Arte Popular (Três Pandeiros)
Aulão e rodas de Capoeira com 100 (cem) alunos das Escolas: Antônio Telha, Nossa Senhora do Perpétuo Socorro e João Francisco da Mota (Distrito de Catolé,Lucas e Estreito) Stelita Cruz e Padre Cornélio de Boer.

14h às 16h – Museu de Arte Popular (Três Pandeiros)
Aulão e rodas de Capoeira com 100 (cem) alunos das Escolas: Henrique Guilhermino, Anis Timani, Eraldo César e Adalgisa Amorim. (Zona Oeste).

19h – Monumento dos Tropeiros (Museu do SESI) (Açude Velho)
Roda de Capoeira da Escola Afro Nagô.
Monumento dos Pioneiros (Açude Velho)
Roda de Capoeira da Associação Terra Firme.
Praça de Galante
Roda de Capoeira Grupo Lundú.

Sexta-feira, 09

19h – Museu de Arte Popular (Três Pandeiros)
Apresentação do documentário: “Jogo de Corpo, Capoeira e Ancestralidade” do Mestre Cobra Mansa (BA).

Sábado, 10

17h – Cine Teatro São José
8º Seminário Capoeira – Educação e Cultura Afro-Brasileira.
Palestra com o Mestre Cobra Mansa (BA)
Entrega dos troféus do Prêmio – Amigo da Capoeira.
Destaques do ano do projeto Capoeira nas Escolas.

Fonte: Codecom

COMPARTILHE