Agricultores de Campina Grande são beneficiados com os Projetos Fomento Mulher e Semiárido

A Secretaria Municipal de Agricultura (Seagri) iniciou o processo de cadastro do pessoal do Assentamento Pequeno Richard para os projetos Fomento Mulher e Semiárido.  São excelentes oportunidades de financiamento para assentados da reforma agrária (Incra).

Com isso, as mulheres rurais poderão aumentar a sua renda familiar. Os projetos aprovados serão contemplados com recursos financeiros destinados a incentivar as atividades no campo. Trata-se de um convênio celebrado entre Incra e PMCG. Por isso, em breve, o prefeito Romero Rodrigues e o Superintendente estadual do Incra, Rinaldo Maranhão, vão entregar os contratos aos beneficiados.

Quanto ao Fomento Mulher, os recursos destinam-se à produção animal, beneficiando às contempladas com a possibilidade de uma renda diária. Já o Fomento ao Semiárido destina-se à infraestrutura, com foco em ações como ampliação de curral, melhoramento da cerca, compra de rações e outras atividades.

Os detalhes destas iniciativas foram apresentadas durante reunião realizada na sede da Seagri, no bairro da Prata, com a presença do secretário Fábio Agra Medeiros; técnicos cadastrados no Incra e agricultores.

Os recursos são federais, mas os projetos foram viabilizados graças a uma parceria com a Secretaria Municipal de Agricultura para a elaboração dos projetos e encaminhamento ao Incra. Com o projeto aprovado, o agricultor vai ter direito ao dinheiro para compra dos recursos materiais necessários para o desenvolvimento das suas atividades.

O Fomento Mulher destina R $ 3 mil para cada projeto aprovado, já o Semiárido vai contemplar o agricultor com recursos da ordem de R$ 5 mil, ou seja, um total de R$ 8 mil por cada família atendida com estes novos programas.

Os interessados deverão comprovar que estão cadastrados no Incra, além de serem assentados e apresentarem a documentação pessoal, que inclui RG e CPF, número do lote e código no Incra.

Os primeiros beneficiados são os assentados do Pequeno Richard, mas a tendência é de ampliação das áreas beneficiadas. Em breve, serão contemplados também os assentados na comunidade Santa Cruz.

Fonte: Codecom
COMPARTILHE