Bruno decreta luto oficial em Campina Grande de três dias pela morte de Ivandro Cunha Lima

O Semanário Oficial do Município, em edição extra, publica o decreto do prefeito Bruno Cunha Lima, estabelecendo luto oficial de três dias pela morte do ex-senador e ex-deputado federal Ivandro Moura Cunha Lima, 92. O falecimento do empresário ocorreu na manhã deste sábado, 28, em casa, por falência múltipla dos órgãos.

Avô do prefeito Bruno, o advogado Ivandro Cunha Lima construiu uma biografia marcada por uma carreira pública vitoriosa, desde os tempos da militância estudantil. Em 1974, foi eleito suplente de senador de Rui Carneiro, assumindo o mandato em 1977 por decorrência da morte do titular. Foi presidente do BNDES, no início da década de 90 e eleito deputado federal, em 1994.

De espírito conciliador e respeitado por aliados e adversários, Ivandro Cunha Lima se consolidou como um homem público culto, de palavra, discreto, de elevado padrão ético e com inúmeros exemplos de generosidade e correção.

Nas redes sociais, o prefeito Bruno Cunha Lima diz ter perdido um avô, um pai, um professor, um mentor, um guia e um exemplo.

Codecom

Compartilhar