Cavalgada Junina leva muita emoção às ruas de Campina Grande, com participação do prefeito Romero Rodrigues

imagemA Prefeitura Municipal de Campina Grande, através da Secretaria de Esportes, Juventude e Lazer, Sejel, realizou neste sábado, a sexta edição da Cavalgada Junina. O evento é um dos mais tradicionais do Maior São João do Mundo. A exemplo de anos anteriores, o prefeito Romero Rodrigues participou da comitiva.

“”Eu sempre tenho me feito presente, até pelo convite honmroso que recebo ano apos ano, do amigo e conselheiro Fábio Nogueira. A Secretaria de Espoirtes, Juventude e Lazer, na pessoa de Teles Albuquerque também se dedica muito. Um evento que apresenta a cidade cidade para outras pessoas do estado e da federação”, disseo prefeito Romero Rodrigues.imagemO evento aconteceu em parceria com a Associação Paraibana dos Criadores do Cavalo Mangalarga Marchador. A associação é presidida por Fábio Nogueira, e vem organizando a Cavalgada Junina desde o primeiro ano.

“A Cavalgada Junina ela tem um componente cultural muito forte, folclórico. Eu quero destacar o irrestrito apoio da Prefeitura Municipal, do prefeito Romero Rodrigues. Agradecer a todas as demais secretarias”, ressaltou Fábio Nogueira.imagemA concentração foi às 8 hs na Estação Velha. Cerca de  100 cavaleiros e amazonas formaram a tropa que percorreu várias ruas centrais da Rainha da Borborema, passando pelos monumentos históricos da cidade. O ponto final foi no Clube Campestre, no Bairro do Catolé.

“Emocionante ver o carinho que os cavaleiros e amazonas tem pelos seus animais. O Mangalarga Marchador traduz a história de Campina Grande, trazendo a história dos Tropeiros da Borborema, no período mais áureo que é o maior São João do Mundo”, ressaltou o Secretário Teles Albuquerque.imagemA Cavalgada Junina tem inspiração nos tropeiros da Borborema.  .  Um evento que mantém vivas as origens de Campina Grande, no passo harmonioso do cavalo Mangalarga Marchador.

“A gente fica feliz. O que a gente pode assossiar em relação ao São João é a raiz, é a cultura, é o turismo, é a gastronomia. E a questão do vaqueiro e da cavalgada tem tudo a ver. Essa tradição consegue ser mantida, graças a pessoas que tem essa vocação e essa paixão”, concluiu Romero Rodrigues.imagemFonte: Codecom

COMPARTILHE