Conselho Municipal de Esportes começa os trabalhos em Campina Grande

Na manhã desta terça-feira 18, aconteceu a posse dos conselheiros designados para compor o Conselho Municipal de Esportes em Campina Grande. A solenidade de entrega das portarias foi realizada no auditório do SINE e contou com a presença de representantes das secretarias de Esportes, Finanças, Câmara Municipal, Cadastro municipal do desporto amador, Associações e Ligas esportivas do município, colégios, clubes e demais entidades.

O Conselho Municipal de Esportes foi criado em Campina Grande pela Lei 3950/2001 e tem a finalidade de auxiliar na consolidação das políticas públicas que envolvem o Esporte Municipal, além de contribuir para a melhoria da organização, gestão e transparência das práticas desportivas formais e não formais no município.imagemAo todo receberem posse quatorze pessoas, que irão compor o Conselho de Esportes. O coordenador do Cadastro Único no município, Rubens Nascimento, lembrou que entre as finalidades, existe a responsabilidade de discussões pontuais e avaliação do orçamento da pasta, nos investimentos que serão feitos daqui pra frente no esporte da cidade.

Já o secretário de Esportes da Prefeitura Municipal de Campina Grande, Teles Albuquerque, que é um dos conselheiros deste novo projeto, avaliou de forma positiva o passo que Campina Grande está tendo com esse novo tipo de planejamento para o esporte local.imagem“Estamos enfim dando o primeiro passo a partir de agora. A Sejel tem seu calendário esportivo e precisa urgente da atuação desse conselho. Campina faz um dos melhores calendários esportivos do Estado, de forma competitiva, sobretudo com as corridas de rua, mas esperamos que possamos ampliar, propor e melhorar todas as práticas desportivas em nossa cidade”, disse Teles.

Quem também irá participar do novo conselho é o Secretário Adjunto de Finanças, Felipe Gadelha, que falou ao público presente, qual era o sentimento da secretaria em poder fazer parte desse avanço.imagem

“Sabemos que o investimento no esporte trás resultados práticos e significativos que podem até atingir o desemprego, algo preocupante hoje em dia. Mas queremos com isso que possamos permitir que haja um equilíbrio financeiro para o nosso esporte. Estou à inteira disposição para que consigamos gerir e gestacionar o resultado pretendido. O esporte atinge todas as camadas sociais, então precisamos nos unir para que tudo funcione de uma maneira correta”, falou Felipe Gadelha.

Assim que os conselheiros receberam e assinaram as suas portarias, uma rápida reunião foi feita para fechar datas que possam em seguida elaborar e aprovar o regimento interno e a eleição da presidência e demais encaminhamentos norteadores para o início dos trabalhos.

Fonte: Codecom
COMPARTILHE