Evento repete êxito, oferece empregos e injeta milhões na economia de Campina

Decorridos 31 dias do Maior São João do Mundo neste domingo, 07, o evento em sua 36ª edição revestiu-se de pleno êxito, com um público circulante estimado em dois milhões de pessoas.

Foram cerca de 550 shows promovendo mais de 300 horas de forró, cenário que envolveu mais de 200 cantores, trios e bandas, apresentando-se no Palco Principal, Pirâmide e palhoças dispostas ao longo do Parque do Povo.

Nesse cenário festivo incluem-se ainda ilhas de forró e  três polos de descentralização, como Estação do Turista, Galante e São José da Mata.

Para Campina Grande em entorno, a movimentação dessa mega infraestrutura significa uma injeção de 200 milhões de reais na economia, criando empregos diretos e indiretos.

Basta lembrar o efetivo mobilizado para tocar 128 barracas, 52 quiosques, 140 ambulantes de bebidas e 70 ambulantes diversos ao longo dos 42,5 metros quadrados do Parque do Povo.

Acrescente-se a isso a atuação de 40 catadores de lixo que este ano bateram o recorde em numero de toneladas de material reciclável recolhidas.

O Maior São João do Mundo continua um evento que vem se aprimorando, criando empregos e injetando milhões na economia de Campina Grande e região, ao mobilizar toda uma cadeia de comércio e serviços. Some-se a isso o lado social refletido em várias iniciativas, como o programa de reciclagem de lixo, que este ano bateu o recorde em coleta.

Fonte: Codecom

COMPARTILHE