Autor: Notícias PMCG

GESTÃO PÚBLICA: Tribunal de Contas da Paraíba aprova, por unanimidade, as contas do ano 2017 da Secretaria de Educação de Campina Grande

Gestão da ex-secretária Iolanda Barbosa recebeu parecer favorável sobre a aplicação de recursos anuais na ordem de de R$ R$ 179,7 milhões  A Primeira Câmara do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba aprovou, nesta quinta-feira, 30, as contas da Secretaria Municipal de Educação de Campina Grande referentes ao ano de 2017. A aprovação, foi […]

30/07/2020 12h19 Atualizado há 3 anos

Gestão da ex-secretária Iolanda Barbosa recebeu parecer favorável sobre a aplicação de recursos anuais na ordem de de R$ R$ 179,7 milhões 

A Primeira Câmara do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba aprovou, nesta quinta-feira, 30, as contas da Secretaria Municipal de Educação de Campina Grande referentes ao ano de 2017. A aprovação, foi por unanimidade, diz respeito à gestão da então secretária Iolanda Barbosa.iolanda

As contas avaliadas de Iolanda Barbosa envolveram recursos anuais na ordem de R$ R$ 179,7 milhões. O conselheiro Antônio Gomes Vieira Filho foi o relator do processo. O advogado Marco Aurélio de Medeiros Villar atuou na defesa da gestão de Iolanda na corte.

Durante a sessão remota da Câmara do TCE-PB, Antônio Gomes Filho destacou todos os pontos cruciais para aprovação das contas da Educação Municipal de Campina Grande e ressaltou o cumprimento das metas pela gestão da pasta. O voto do relator foi acompanhado unanimemente pelos outros conselheiros do colegiado.

Outras vitórias

Na semana passada, também sob acompanhamento do escritório de Marco Villar, vários processos relativos à Prefeitura de Campina Grande passaram pelo crivo da Primeira Câmara do TCE-PB:

–  Foram arquivadas duas denúncias relativas ao Fundo Municipal de Saúde no ano 2018

– A gestão do ex-secretário André Agra (Planejamento) de 2017 recebeu parecer pela regularidade

_ Aprovadas também as contas 2018 do Instituto de Previdência dos Servidores Municipais (Ipsem)

– Foi considerada improcedente denúncia contra a Secretaria de Serviços Urbanos e Meio Ambiente (Sesuma), em relação à construção de seis quiosques, inclusive com a retirada de imputação de débito.


Ao continuar navegando no nosso portal, você concorda com a nossa Política de Privacidade. Para ter mais informações, acesse nossa página de Política de Privacidade

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support