Hospital Municipal Pedro I passa a contar com ambulatório para tratamento de pacientes com dor crônica

O Complexo Hospitalar Municipal Pedro I iniciou um novo serviço para pessoas que sofrem com dores crônicas. O ambulatório funciona às quartas-feiras, com acompanhamento de médico especialista em dor. O objetivo é dar assistência a pacientes que têm dores permanentes.

Os principais pacientes atendidos são os que fazem uso excessivo de morfina para suportarem as dores. O objetivo é atenuar o uso demasiado da morfina. Mas, também, são atendidos pacientes diversos, como pós-cirurgiados, pessoas com lesão de nervo, fibromialgia e até enxaqueca crônica, além de outros tipos de dores.

Os pacientes são encaminhados pelos médicos especialistas que já os acompanham. “Aqueles pacientes que sofrem de dor crônica, que são dores que ultrapassam três meses, vêm do médico especialista que já exauriu o tratamento, fez exames e não tem mais causa física que justifique aquela dor, a chamada dor neuropática, em que a dor persiste, são encaminhados para ajudarmos com todo um arsenal disponível para tratamento”, disse o médico Alexandre Marinho.

O Complexo Hospitalar Municipal Pedro I também dispõe de consultas com médicos especialistas no ambulatório, para a realização de cirurgias eletivas. Os pacientes podem ser encaminhados pelas Unidades Básicas de Saúde ou o paciente pode fazer agendamento pelo Whatsapp (83) 98154-4901.

Codecom

Compartilhar