Autor: Notícias PMCG

O Procon de Campina Grande traz algumas dicas para a compra do presente para o Dia das Mães

No próximo domingo, 10, será comemorado o Dia das Mães, e para não passar em branco, a sugestão do prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues é que na hora da compra do presente, a população priorize o comércio local. “Devido à quarentena provocada pelo novo coronavírus os comerciantes de Campina Grande tiveram de se reinventar […]

09/05/2020 12h50 Atualizado há 3 anos

No próximo domingo, 10, será comemorado o Dia das Mães, e para não passar em branco, a sugestão do prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues é que na hora da compra do presente, a população priorize o comércio local.

“Devido à quarentena provocada pelo novo coronavírus os comerciantes de Campina Grande tiveram de se reinventar e investiram no serviço de vendas online e nas entregas por delivery.  Por isso compre o seu presente no comércio local, além de comprar com segurança sem sair de casa, é uma forma de investir no comércio da cidade, auxiliando a economia e o serviço do pequeno negócio” disse Romero Rodrigues, em pronunciamento nas redes sociais da Prefeitura Municipal. RIVALDO-PROCONE para ajudar o consumidor na hora das compras o coordenador do Procon de Campina, Rivaldo Rodrigues traz algumas recomendações:

“Pedimos à população que evite qualquer tipo de confraternização, se não puder adiar a entrega do presente, que seja com bastante cuidado, evitem os abraços e, sobretudo usem máscara e realizem as medidas preventivas a contaminação do novo coronvírus. O maior presente, hoje, é a proteção” disse

Com relação às compras, Rivaldo destaca que não houve mudanças nas regras de compra online. “Se o consumidor encontrar algum problema ou mesmo se o produto não for exatamente o que esperava, continua a ter o direito de arrependimento, podendo devolver o produto em um prazo de até sete dias, contados a partir da data de recebimento. O consumidor tem duas opções trocar por outra mercadoria de sua escolha ou solicitar a restituição do pagamento com a correção do valor atualizada”.

Se for comprar pelas redes sociais, tipo Facebook, Whatsapp ou Instagram, o coordenador do Procon alerta que redobre os cuidados, já que não há muita segurança em transações através desses meios. “Mesmo sendo por redes sociais, busque fazer negócios com empresários que tenham uma empresa formal, com CNPJ. Se ocorrer algum problema, tanto no produto, quanto na transação, e se não há documento registrado, fica mais complicado para acionar os órgãos de defesa do consumidor e reivindicar os direitos” explica Rivaldo.

Outra dica é para que as pessoas fiquem atentas para saber o que está comprando. “Procure saber antes o tipo de presente que a mãe deseja ganhar e faça um levantamento de preços em diferentes sites de compras, em busca do menor valor. Em tempos difíceis como que o estamos vivendo, economizar também deve ser uma das medidas a ser adotada no momento”.

Para evitar golpes, Rivaldo pede que o consumidor redobre o cuidado. “Não forneça dados pessoais sem ter a certeza de que a empresa realmente existe e oferece a segurança devida. Prefira sites com uma boa reputação no mercado, verifique se o endereço eletrônico indicado na barra é o mesmo informado no site, se há sistemas de segurança na página. Desconfie de ofertas muito abaixo do padrão de mercado e de formas de pagamento incomuns como depósito em conta de pessoas físicas. Em caso de dúvida ou se identificar algo suspeito durante a transação entrar imediatamente em contato com o Procon de Campina por meio dos telefones 151 ou 98185-8168, ou pelo aplicativo de celular PROCONCG MÓVEL” orienta.

Fonte: Codecom


Ao continuar navegando no nosso portal, você concorda com a nossa Política de Privacidade. Para ter mais informações, acesse nossa página de Política de Privacidade

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support