Autor: Notícias PMCG

Operação Carro-Pipa vai distribuir 870 mil litros de água em 12 dias

Faltando apenas 12 dias úteis, para o final do mês de julho, o Programa de Distribuição de Água Potável no Semiárido Brasileiro – Operação Carro-Pipa vai distribuir 87 carros de água, o equivalente a 870 mil litros, em 75 localidades da Zona Rural de Campina Grande. A informação é do coordenador da Operação da Defesa […]

16/07/2020 12h34 Atualizado há 3 anos

Faltando apenas 12 dias úteis, para o final do mês de julho, o Programa de Distribuição de Água Potável no Semiárido Brasileiro – Operação Carro-Pipa vai distribuir 87 carros de água, o equivalente a 870 mil litros, em 75 localidades da Zona Rural de Campina Grande. A informação é do coordenador da Operação da Defesa Civil, Maxsuell Dantas.

Há mais de 20 anos, o Governo Federal implementou o Programa de Distribuição de Água Potável no Semiárido Brasileiro, com o objetivo de realizar o abastecimento de água potável para o consumo humano no Polígono da Seca Nordestino, norte de Minas Gerais e Espírito Santo.

Em Campina Grande, o 31º Batalhão de Infantaria Motorizado é responsável pela Operação, com a coordenação do Capitão Joelson. Os seis pipeiros que fazem o abastecimento das cisternas coletivas nas comunidades da Zona Rural e nos Assentamentos são contratados pelo Exército, que também elabora mensalmente o calendário da distribuição alternativa de água.

As atividades da Operação Carro-Pipa compreendem à distribuição de água potável, preferencialmente por meio de carros-pipa, às populações rurais e urbanas atingidas por estiagem com prioridade para os municípios que encontram-se em situação de emergência ou estado de calamidade pública.

A distribuição foi iniciada no dia 1º de julho, com o acompanhamento da Defesa Civil e Vigilância Sanitária de Campina Grande e se estenderá até o dia 31.

FISCALIZAÇÃO – Desde o início da pandemia do coronavírus, a fiscalização da potabilidade da água distribuída através de carros-pipa foi intensificada, por parte do Exército, da Defesa Civil e da Vigilância Sanitária.

O abastecimento das 100 cisternas coletivas na Zona Rural é feito por seis pipeiros contratados pelo Exército, durante o mês de julho, dos 175 carros de 10 mil litros cada, totalizando 1 milhão e 750 mil litros de água, faltam 87 carros. Os pipeiros percorrem uma distância de 3.022 quilômetros.

Todo acompanhamento do armazenamento da água, diariamente é feito pelos representantes dos órgãos envolvidos na Operação. O coordenador da Defesa Civil Municipal, Ruiter Sansão, alerta a população no sentido de denunciar qualquer irregularidade na distribuição. Quaisquer dúvidas e sugestões podem ser encaminhadas para o telefone (83) 99645.2330.

Fonte: Codecom


Ao continuar navegando no nosso portal, você concorda com a nossa Política de Privacidade. Para ter mais informações, acesse nossa página de Política de Privacidade

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support