Outubro Rosa: Programação terá início nesta terça-feira em Campina Grande

Cidade receberá neste mês de outubro eventos voltados à prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama

A campanha Outubro Rosa, que conscientiza a população sobre a necessidade do diagnóstico precoce do câncer de mama e do autocuidado, terá início em Campina Grande nesta terça-feira, 5, com abertura oficial no Parque da Liberdade, às 16h. A programação será marcada por diversas ações na cidade. Pontos estratégicos e órgãos municipais já estão iluminados de rosa, anunciando a chegada da campanha.

Durante todo este mês a Secretaria Municipal de Saúde, em parceria com diversas secretarias e entidades, vai realizar a programação alusiva de combate ao câncer de mama, além de oferecer vários serviços, inclusive os exames de mamografia. Entre as ações haverá prestação de serviços de saúde às mulheres, lives educativas, PitStop em semáforos, um sarau feminino com artistas locais e o encerramento com uma pedalada rosa.

Também será realizado o I Seminário de Saúde da Mulher de Campina Grande, que acontecerá no dia 15 de outubro, voltado para a temática do autocuidado e autoconhecimento feminino. Na oportunidade, serão abordados temas como o rastreamento do câncer de mama e a consulta ginecológica da mulher com deficiência. Dentro do seminário haverá o lançamento da Caderneta de Saúde da Mulher de Campina.

Veja a programação

“O mês de outubro é conhecido, mundialmente, como período reservado especialmente para a campanha de prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama. Campina Grande também abraça a causa e se coloriu de rosa para intensificar a luta contra o câncer. Durante este mês, várias atividades serão oferecidas e acontecerão em diversos pontos da cidade, a exemplo das Unidades Básicas de Saúde, do ISEA, Feira Central, Supermercados e empresas. Serão oferecidas mamografias, exames clínicos de mamas, oferta de métodos contraceptivos, entrega de máscaras e de brindes”, disse a coordenadora de Saúde da Mulher, Aleksandra Costa.

A Sociedade Brasileira de Mastologia recomenda a realização da mamografia a partir dos 40 anos até 69 anos de idade. Apesar de o Ministério da Saúde orientar a realização do procedimento apenas a partir dos 50 anos, Campina Grande aplica a oferta do exame a partir dos 40 anos, conforme orientação da SBM. A mamografia representa a melhor estratégia para diagnosticar o câncer de mama em estágio inicial. O exame é oferecido o ano inteiro, pelas UBS da cidade, mas a Secretaria intensificará a oferta durante esse mês.

O exame clínico do toque também é efetivo para encontrar os primeiros indícios de possíveis tumores. “Exame clínico das mamas e mamografias, adotar hábitos saudáveis, manter o peso corporal, praticar atividade física, não consumir bebidas alcoólicas e amamentar ajudam a reduzir o risco de ter a doença”, finalizou Aleksandra.

Codecom

Compartilhar