Perplexo, Romero lamenta morte de professora de Capoeira, no Parque da Liberdade, durante aula do Mexe Campina

O prefeito Romero Rodrigues, ainda chocado com o fato, lamentou profundamente o assassinato da professora municipal Cristiane Soares, no momento em que ela ministrava aula de capoeira no Parque da Liberdade, na tarde deste sábado, 01, dentro da programação de atividades do Programa Mexe Campina. Cristina foi covardemente baleada, na fente de dezenas de alunos do programa, por um assassino frio e calculista. O prefeito já manteve contato com as autoridades da área da Segurança Pública solicitando o máximo de empenho na investigação e prisão do criminoso.imagemCristiane Soares  era professora efetiva do Município e já atuava há  anos no Programa Mexe Campina, com reconhecida dedicação às aulas de capoeira. De acordo com o secretário Teles Albuquerque, da Juventude, Esporte e Lazer de Campina Grande, Cris, como era mais conhecida, era uma profissional exemplar e teve uma participação essencial na consolidação do programa na cidade, principalmente pelo entusiasmo de levar às comunidades a oportunidade de melhoria na qualidade de vida.imagem Romero Rodrigues também registrou que o fato de o frio assassinato ter ocorrido num sábado à tarde, quando centenas de famílias visitam o Parque da Liberdade para usufruir do espaço público, realça ainda mais a gravidade do ocorrido e serve de alerta para a área de segurança pública. “Uma tragédia que nos deixa a todos chocados, perplexos”, resumiu o prefeito, que encaminhou à família e colegas do Mexe Campina as condolências em nome do Município e recomendou à Sejel prestar toda a assistência aos entes queridos da professora Cristiane Soares.
Fonte: Codecom
COMPARTILHE