Autor: Notícias PMCG

Pesquisa mostra que preço do panetone pode variar até 258% em Campina Grande

Para contribuir com o poder de compra do campinense, o Procon Municipal realizou nessa quarta-feira, 11, uma pesquisa comparativa de preços dos produtos mais consumidos neste período do ano. Para dezembro de 2019, a Ceia Natalina tem um valor médio de R$ 465,64. Foram pesquisados os preços de 34 tipos de produtos em 11 estabelecimentos da […]

17/12/2019 14h49 Atualizado há 3 anos

Para contribuir com o poder de compra do campinense, o Procon Municipal realizou nessa quarta-feira, 11, uma pesquisa comparativa de preços dos produtos mais consumidos neste período do ano. Para dezembro de 2019, a Ceia Natalina tem um valor médio de R$ 465,64. Foram pesquisados os preços de 34 tipos de produtos em 11 estabelecimentos da cidade.

Um dos destaques foi o preço dos panetones de chocolate (de diferentes marcas), cuja diferença verificada foi de até 258%. Em seguida está o apresuntado. O quilo do produto pode apresentar uma variação de até 244%.imagemO preço do panetone de chocolate pode ser encontrado a preços que variam entre R$ 6,99 e R$ 24,99. O mais procurado, o panetone de frutas cristalizadas, obteve uma variação de aproximadamente 175%.

Já entre as carnes mais consumidas está o frango congelado. O quilo desse produto apresentou a maior variação (118%). E quem vai comprar o produto, nestes estabelecimentos, pode encontrá-lo a preços que vão de R$ 4,99 até R$ 10,90. O quilo do peru temperado pode chegar a R$ 19,99 e o chester R$ 18,98.imagemRivaldo Rodrigues, coordenador executivo do Procon de Campina Grande reforça ao consumidor que continue com a prática da pesquisa.

“Se o consumidor fizer uma boa pesquisa pode economizar até R$ 82,69, nas compras de Natal, entre os estabelecimentos visitados. No entanto, reforçamos que olhem sempre a data de validade dos produtos, se possível à data impressa na embalagem. Recentemente um supermercado da cidade foi autuado pelo Procon porque estava  sobrepondo a data de validade na embalagem de um produto vencido com uma etiqueta do próprio estabelecimento atestando que o produto estava válido e apto para consumo. Ou seja uma maquiagem de um produto alimentício vencido que pode trazer danos a saúde do consumidor”, alerta.

O Procon ressalta, que as  variações de preços constatadas se referem ao período em que a coleta foi realizada. Os preços praticados podem ser diferentes, já que estão sujeitos a alteração conforme a data da compra, inclusive, por ocasião de descontos especiais, ofertas e promoções.

A pesquisa completa está disponível no site do Procon Municipal, no endereço procon.campinagrande.pb.gov.br.

Link https://procon.campinagrande.pb.gov.br/pesquisa-ceia-natalina/

Fonte: Codecom

Ao continuar navegando no nosso portal, você concorda com a nossa Política de Privacidade. Para ter mais informações, acesse nossa página de Política de Privacidade

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support