Autor: Notícias PMCG

Prefeitura acata recomendação e restringe eventos a público de no máximo 100 pessoas

A Prefeitura Municipal de Campina Grande voltou a restringir os eventos na cidade a públicos de, no máximo, 100 pessoas. A decisão atende a uma recomendação do Ministério Público da Paraíba, do Ministério Público Federal e do Ministério Público do Trabalho. Na semana passada, a Secretaria Municipal de Saúde havia estabelecido esta regra para a […]

14/12/2020 17h00 Atualizado há 2 anos

A Prefeitura Municipal de Campina Grande voltou a restringir os eventos na cidade a públicos de, no máximo, 100 pessoas. A decisão atende a uma recomendação do Ministério Público da Paraíba, do Ministério Público Federal e do Ministério Público do Trabalho.

Na semana passada, a Secretaria Municipal de Saúde havia estabelecido esta regra para a realização de shows, mas com base em um estudo técnico, havia autorizado a realização de eventos sociais como casamentos e formaturas com até 300 pessoas.   evento“Inicialmente, havíamos liberado públicos até 300 pessoas para eventos sociais por entendermos que festas de casamento e formatura são mais passíveis de cumprir as exigências do que os shows. Mas, em conversa com o prefeito Romero Rodrigues, decidimos acatar a orientação dos MPs porque desde o início da pandemia temos tido um ótimo diálogo com esses órgãos de controle e entendemos que a recomendação é razoável”, explicou o Secretário de Saúde, Filipe Reul.

Desta forma, todos os eventos realizados a partir de agora só podem ter presença de público máximo de 100 participantes. Além disso, segue vigente a exigência de apresentação de um plano de contingência do evento junto à Gerência de Vigilância Sanitária – Gevisa.

Atualmente, existem apenas dois eventos protocolados na Gevisa de Campina Grande, e ambos com público inferior a 100 pessoas. Uma dúvida recorrente dos promotores de eventos é se as pessoas que trabalham nos eventos se encaixam nesse limite. “Neste caso, os trabalhadores não são contabilizados. Esse limite diz respeito aos participantes e convidados, ou seja, ao público. Mas, lembrando que vamos seguir com as fiscalizações da Gevisa em todos os eventos”, finalizou Reul.

Fonte: Codecom


Ao continuar navegando no nosso portal, você concorda com a nossa Política de Privacidade. Para ter mais informações, acesse nossa página de Política de Privacidade

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support