Prefeitura realiza nesta terça-feira Webinário para discutir melhorias no acolhimento de crianças e adolescentes no Município

Evento acontece em parceria com a Vara da Infância e Juventude e terá como palestrante o procurador de Justiça Murillo José Digiácomo, do Ministério Público do Paraná

A Prefeitura de Campina Grande, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), e em parceria com a Vara da Infância e Juventude, promoverá nesta terça-feira, 19, às 9h, um Webinário com o tema “Acolhimento de Urgência e outras Possibilidades”. A iniciativa tem como objetivo discutir melhorias no sistema de acolhimento de crianças e adolescentes no Município.

O Webinário terá como palestrante convidado o procurador de Justiça Murillo José Digiácomo, do Ministério Público do Estado do Paraná. Digiácomo é mestre em Ciências Jurídicas pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa (Portugal) e uma das maiores autoridades no país sobre o trabalho do Sistema de Garantia de Direitos, no que diz respeito à convivência familiar de crianças e adolescentes.

O encontro, que terá a participação dos representantes da Rede de Proteção à Criança e Adolescente de Campina Grande (Redeca), tem como objetivo permitir que, por meio da palestra ministrada pelo procurador de justiça, sejam fortalecidas as reflexões conjuntas entre os atores da Rede de Proteção de Campina Grande. A meta é primar pela proteção integral das crianças e adolescentes do município.

“Uma importante capacitação, já que precisamos ter cada dia mais técnicos sensíveis e preparados para pensar sobre os tantos desafios que chegam às nossas unidades, no dia a dia, os quais precisam de uma resposta imediata e decisiva para melhorar a vida dos nossos acolhidos”, salientou o secretário municipal Valker Neves (Semas).

A realização do evento neste momento, de acordo com o juiz auxiliar da Vara da Infância e Juventude, Hugo Zaher, se faz necessária tendo em vista o aumento dos acolhimentos de crianças e adolescentes nos últimos meses e o processo de construção do fluxo de acolhimento institucional, no Município, pela Redeca.

“O evento será uma ocasião bastante importante para que a Rede alinhe as providências para garantir que o acolhimento institucional, no Município, prime pelo princípio da excepcionalidade, ou seja, só ocorra definitivamente em último caso, evitando sempre que possível a institucionalização e garantindo o fortalecimento das pontes dialogais na perspectiva intersetorial”, ressaltou o juiz Hugo Zaher.

Os representantes da Redeca participarão por meio de um link exclusivo de acesso pela plataforma Zoom. Para o público em geral, o evento será transmitido pelo canal da Vara da Infância e Juventude no Youtube (Infância e Juventude de Campina Grande – PB).

Codecom

Compartilhar