Presidente da AMDE acompanha aprovação, pela Câmara, de projeto que autoriza doação de terreno para implantação de montadora

A presidente da Agência Municipal de Desenvolvimento (Amde), Alana Carvalho participou, presencialmente, da sessão ordinária realizada pela Câmara Municipal de Campina Grande, na manhã desta quinta-feira (4). A gestora acompanhou de perto a votação do Projeto de Lei nº 054/2021, de autoria do Poder Executivo, que trata da doação de imóvel localizado no Complexo Aluízio Campos, na área industrial, para a construção da montadora nacional de automóveis, a Cabmotors Ltda. que irá gerar mais de mil empregos diretos e indiretos na cidade. amde_cmcg2

O Projeto de Lei n.º 054/2021 foi aprovado por maioria dos presentes em plenário com os votos da oposição. A presidente da Amde, Alana Carvalho, se disse grata ao Poder Legislativo que compreendeu a urgência da matéria e deliberou por aprová-la. amde_cmcg3

“Não temos outra palavra a não ser gratidão. Gratidão a Deus em primeiro lugar, gratidão ao ex-prefeito, Romero Rodrigues que deu o pontapé inicial e ao prefeito Bruno Cunha Lima que consolidou essa parceria. Sou grata ainda aos vereadores da nossa cidade que honrosamente compreenderam a urgência e a importância de retomarmos a economia da nossa cidade, gerando emprego e renda, através de colaboradores como o da montadora CAB Motors”, destacou. amde_cmcg1Alana Carvalho disse que o prefeito Bruno Cunha Lima foi zeloso nas orientações e sugestões para a conclusão do Projeto de Lei aprovado nesta quinta-feira (4), na Câmara Municipal de Campina Grande (CMCG). Ela explicou que o PL assegura que, caso não haja o cumprimento das metas e compromissos estabelecidos no prazo de 05 anos, conforme plano de implantação, revogar-se-á de pleno direito a doação do imóvel independentemente de qualquer medida judicial ou extrajudicial, revertendo-o ao patrimônio público do município.

“Essas foram garantias pontuais feitas pelo nosso chefe do Executivo para assegurar que a contrapartida social e econômica por parte da montadora seja devidamente cumprida. Sem dúvida alguma essa montadora irá estimular a economia da nossa cidade, servirá de satélite para que outras empresas venham se instalar em nossa cidade, gerando cada vez mais empregos diretos e indiretos para Campina Grande, movimentando sobremaneira a nossa economia”, ponderou Alana Carvalho.

O imóvel possui uma área de aproximadamente 30 hectares no Complexo Aluízio Campos. A área está avaliada em aproximadamente R$ 400 mil. A Cab Mortos pretende construir no local uma fábrica e uma pista de testes de padrão internacional.

Fonte: Codecom

Compartilhar