Projeto ROPE nas escolas da Guarda Civil Municipal começa dia 10 de março

As atividades da ROPE – Rondas Preventivas Escolares – por uma cultura de Paz nas Escolas, com a coordenação da Guarda Civil Municipal serão iniciadas no dia 10 de março, nas escolas municipais Lourdes Ramalho e Rômulo Gouveia (Aluízio Campos), Lafayete Cavalcanti e Otávio Amorim, com a palestra ‘Por uma cultura de paz nas escolas’.

O projeto é dirigido aos alunos do 5º ano das escolas participantes. A Guarda Municipal convida para a abertura do ciclo de palestras representantes da Secretaria de Educação, pais ou responsáveis.imagemO comandante da Guarda Civil Municipal, Rodolfo Emanuel informa que 7.160 estudantes serão acompanhados pelo Projeto ROPE, sendo 3.322 do 6º ao 9º ano mais o pessoal do EJA, com palestra relacionada a prevenção das drogas, e 3.838  com alunos do Pré ao 5º ano acompanhados pelo Ciclo de Palestras e com os Fantoches em Ação.imagemNeste primeiro semestre participam da ROPE as seguintes escolas municipais: Tiradentes, Dr. Chateaubriand, Santo Antônio (Promoção Humana), Lions Prata, Advogado Otávio Amorim, Félix Araújo, Padre Antonino, Roberto Simonsen, Alice Gaudêncio, Gracita Melo e Antônio A. de AraújoimagemCada ciclo conta com 10 palestras abordando os seguintes temas: ROPE: por uma cultura de paz nas escolas; Apresentação da instituição Guarda Municipal; Violência Física, Verbal e Psicológica;

Criminalidade; Vandalismo; Desacato; Furto e outros; Drogas lícitas e ilícitas; Ética e Cidadania; Direitos e deveres da criança e do adolescente; MOTIVAÇÃO: A sociedade do futuro. Além de uma gincana abordando o tema “Aprender a conviver em grupo”.

Ao final do ciclo de palestra é realizada uma confraternização entre as escolas participantes e alunos para a entrega dos Certificados de participação.

Fundamentada na complexidade da realidade escolar, este programa promove uma “Cultura de Paz nas Escolas”, que tem como objetivo subsidiar a escola pública municipal sobre conceitos referentes à temática da prevenção às várias formas de violência presentes em nossa sociedade, particularmente no tocante aos fenômenos geradores de conflitos como o tráfico e o consumo de drogas, a intolerância às diferenças físicas, étnicas e a desagregação familiar e suas consequências. Assim o ambiente escolar é o palco onde se desenvolve as atividades didáticas de orientação, prevenção e controle das variáveis que se constituem causa da violência na escola.

O projeto apresentado pela Guarda Civil Municipal contempla diretamente todos os personagens presentes no contexto do ambiente escolar: alunos, professores e funcionários das escolas. Alcança também indiretamente, toda a comunidade do entorno escolar, pais, vizinhos e outros, pois é realizada no mínimo uma visita semanal além de ponto base nos estabelecimentos de ensino, abraçados pelo projeto, nos períodos de entrada, saída ou intervalos de recreação, possibilitando uma forte sensação de segurança.

Fonte: Codecom
COMPARTILHE