Rede hoteleira de Campina Grande está com 80% da ocupação garantida para este final de semana

Após o ápice dos festejos juninos, a rede hoteleira de Campina Grande continua com boa ocupação de seus leitos, mostrando o quanto O Maior São João do Mundo impulsiona este setor. Apesar do ponto alto do São João ter passado (dias 23 e 24 de junho) grandes atrações são aguardadas para os próximos dias, contribuindo para que a rede hoteleira local manternha seus números positivos.

Segundo o presidente do Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Campina Grande e Região, Divaildo Júnior, para este final de semana (dias 29 e 30) todo o setor hoteleiro campinense está com ocupação estimada em 80%, sendo que algumas unidades estão com todos os leitos reservados até 07 de julho.imagemÉ o caso do Garden Hotel, localizado no bairro do Mirante, que não tem mais vagas para esta temporada junina, nem mesmo para os dias úteis da semana, conforme explicou Rocilene Gonçalves, assistente de reserva. A exemplo do Garden, outros hotéis da cidade, que estavam oferecendo pacotes para o período de São João, estão com 100% de ocupação.

O Hotel Village também está com a lotação completa para o próximo final de semana, tanto o Village Premium (localizado na rua Otacílio Nepomuceno) quanto o Village Confort, localizado na rua João Florentino de Carvalho, como explicou a funcionária responsável pelas reservas desses hotéis.imagemJá o Hotel Serrano está completando as últimas vagas disponíveis. “O hotel tem ocupação de 93% para este final de semana e de 90% para os demais dias úteis”, informou Erika Pereira, gerente de reservas do hotel.

Mas, para alguns forrozeiros que decidiram de última hora visitar a terra onde acontece O Maior São João do Mundo, ainda é possível encontrar vagas em alguns hotéis. Uma das opções é Hotel Central, localizado na área central de Campina Grande.

Rede Hoteleira – Campina Grande possui, atualmente, cerca de 3.200 leitos em hotéis da cidade. O segmento aponta índices de crescimento, a cada ano. Para este ano, o presidente do Sindicato já havia estimado um aumento de 30% em relação há anos anteriores.

imagem
Fonte: Codecom
COMPARTILHE