Autor: Notícias PMCG

Romero anuncia retomada de atividades administrativas de escolas e creches

Retorno das aulas ainda não tem data definida na rede municipal de ensino Durante live realizada na manhã desta sexta-feira, 10, através das redes sociais, o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, anunciou a retomada das atividades administrativas da Educação. Na prática  voltarão a funcionar a sede da Secretaria Municipal de Educação (Seduc), além da […]

10/07/2020 13h04 Atualizado há 3 anos

Retorno das aulas ainda não tem data definida na rede municipal de ensino

Durante live realizada na manhã desta sexta-feira, 10, através das redes sociais, o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, anunciou a retomada das atividades administrativas da Educação. Na prática  voltarão a funcionar a sede da Secretaria Municipal de Educação (Seduc), além da escolas e creches municipais a partir da próxima segunda-feira, 13. Aulas presenciais seguem sem data prevista para reinício.

De acordo com o planejamento de retomada, as atividades administrativas vão ocorrer no horário reduzido, das 9h às 12h, de segunda à sexta-feira, tanto para a Seduc quanto para as unidades de educação. Para o retorno ao trabalho, a Seduc está adotando uma série de medidas sanitárias e distanciamento, com redução no número de servidores e restrição no número de atendimento.rom-live

No caso das escolas e creches, irão retornar ao trabalho presencial apenas os servidores que desempenham funções administrativas e não será permitida a entrada de funcionários nem público em geral sem o uso da máscara. Já os professores, continuam com as atividades online, como vem sendo realizadas desde o início da pandemia de Coronavírus.

Para ajudar nas orientações com relação às medidas de prevenção do contágio da doença, a Seduc preparou materiais informativos, em formato de banners, que serão fixados nas entradas de todas as unidades educacionais. Além disso, também terá sequência o envio de material de higiene pessoal.

Conforme o planejamento, permanecem em regime de teletrabalho, os servidores integrados ao grupo de risco, que são: gestantes, lactantes, pessoas com mais de 60 anos, pessoas com doenças crônicas ou respiratórias, obesidade mórbida, imunossuprimidas ou com outras comorbidades preexistentes, que possam conduzir agravamento do estado geral de saúde a partir do contágio.

Fonte: Codecom


Ao continuar navegando no nosso portal, você concorda com a nossa Política de Privacidade. Para ter mais informações, acesse nossa página de Política de Privacidade

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support