Autor: Notícias PMCG

Secretaria de Saúde inicia testagem e distribuição de medicamentos em unidades

Após recomendação do prefeito Romero Rodrigues, a Secretaria de Saúde de Campina Grande iniciou a ampliação da testagem rápida e da distribuição de medicamentos da Covid-19 nas Unidades Básicas de Saúde. Inicialmente, a ampliação dos serviços foi aplicada às unidades do Conjunto Aluízio Campos, do distrito São José da Mata e do bairro de Bodocongó. Os […]

09/06/2020 13h55 Atualizado há 3 anos

Após recomendação do prefeito Romero Rodrigues, a Secretaria de Saúde de Campina Grande iniciou a ampliação da testagem rápida e da distribuição de medicamentos da Covid-19 nas Unidades Básicas de Saúde. Inicialmente, a ampliação dos serviços foi aplicada às unidades do Conjunto Aluízio Campos, do distrito São José da Mata e do bairro de Bodocongó. testagOs testes rápidos são exclusivos para pacientes com sintomas da Covid-19 e mediante recomendação do médico da unidade. “Não se trata de uma testagem em massa, é na verdade uma forma de descentralizar o serviço da UPA. E o serviço é exclusivo para usuários da área das unidades. Ou seja, os moradores dos outros bairros devem continuar procurando a UPA”, explicou o Secretário de Saúde, Filipe Reul. testaAlém disso, os testes rápidos só têm eficiência máxima após o sétimo dia de apresentação dos sintomas. Por isso, o perfil desses atendimentos das UBS é dos pacientes com sintomas leves e os profissionais devem aguardar essa janela imunológica para poder aplicar os testes rápidos.  Os medicamentos azitromicina, hidroxicloroquina, ivermectina e prednisona também são receitados conforme avaliação do médico. testA ideia é também ampliar o serviço para outras unidades, que são as UBS Raiff Ramalho, no Cruzeiro, Plínio Lemos, no José Pinheiro, Adriana Bezerra, no Santa Rosa, UBS Catingueira, Inácio Mayer, no Monte Santo, UBS Ramadinha, além das unidades de São José da Mata, Aluízio Campos e Bodocongó.

Na UBS Antônio Virgílio Brasileiro, no Aluízio Campos, uma recepção exclusiva para pacientes com suspeita de Covid-19 foi aberta com acesso pelo estacionamento e os usuários das unidades não têm contato com as pessoas com suspeita do coronavírus. A equipe também foi capacitada e equipada para atender as pessoas com o máximo de segurança.

“Cada unidade está adotando um protocolo específico para atender essas pessoas com segurança. Lembrando que parte dos atendimentos das unidades já foi suspensa, mas procedimentos como vacinação e pré-natal continuam mantidos. Ou seja, o fluxo está diminuído nessas unidades e isso favorece que implantemos a testagem e a distribuição dos medicamentos sem colocar a equipe e as pessoas em risco”, disse Filipe.

Fonte: Codecom


Ao continuar navegando no nosso portal, você concorda com a nossa Política de Privacidade. Para ter mais informações, acesse nossa página de Política de Privacidade

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support