Semas capacita técnicos da assistência para descentralizar cadastro

Na manhã da última quarta-feira, 27, a Secretaria Municipal da Assistência Social (Semas), por meio do Cadastro Único (CadÚnico), promoveu uma capacitação para os técnicos da assistência. Estavam presentes representantes dos Centros de Referência em Assistência Social (Cras), Centro Especializado em Assistência Social (Creas), Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, Gerência da Pessoa Idosa, Gerência da Pessoa com Deficiência, Gerência da Criança e do Adolescente e do Programa Criança Feliz. A capacitação aconteceu no auditório do Sine Municipal, instalado no Museu de Ciência e Tecnologia.

O foco principal da capacitação foi o programa federal Bolsa Família e o perfil do beneficiário. É a partir do perfil da família, na realização do cadastro no CadÚnico, que pode ser disponibilizado o benefício em programas como o Bolsa Família e BPC (Benefício de Prestação Continuada). Através do cadastro que o Governo Federal entende o perfil e as principais dificuldades que as famílias enfrentam, seja situação de pobreza ou extrema pobreza.imagemSegundo o coordenador do Cadastro Único no município, Rubens Nascimento, a capacitação com os técnicos das unidades da Semas foi realizado para uniformizar algumas informações sobre como identificar o perfil específico de cada programa de benefício.

“Iremos fazer de forma experimental o processo de descentralização das atividades do CadÚnico, levando o cadastro para aqueles que nunca fizeram como também a atualização cadastral, para aqueles que já são beneficiados. Serão levados à descentralização do cadastros as unidades dos Cras dos distritos de São José da Mata e Galante”, disse Rubens Nascimento.imagemLembrando que o perfil do beneficiário, dos diversos Programas Federais são famílias de baixa renda que ganham até meio salário mínimo ou que ganhem até três salários mínimos de renda mensal total. Apenas em Campina Grande, cerca de 180 mil pessoas estão cadastradas no CadÚnico.

Se existir dúvidas, quanto à família ou indivíduo fazer parte do perfil dos Programas Federais, basta procurar uma unidade do CRAS do seu território ou o posto de atendimento do Cadastro Único para mais informações.imagem

Fonte: Codecom

Compartilhar