Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos concluí atividades da colônia de Férias na Secretaria da Assistência Social

A Colônia de Férias do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos – Polo Bodocongó, finalizou nesta sexta feira, 24, o período da colônia de férias, que teve início no dia 13. Foram duas semanas de atividades recreativas para cerca de 115 crianças e adolescentes atendidos pelas unidade que compõe a Diretoria de Proteção Basica, por meio da Secretaria Municipal da Assistência Social (Semas).imagemCom o intuito de deixar as férias escolares mais atrativas, minimizando o risco de vulnerabilidade e risco social, o SCFV promoveu neste período atividades recreativas, para crianças e adolescentes com idade entre 06 e 18 anos e que já eram atendidos e usurários frequentes das atividades da unidade.imagemOs jovens fizeram passeios pelos parques da cidade, além de oficinas de construção de brinquedos com material reciclado, atividades esportivas, exibição de filmes no Projeto “Cinema em Casa SCFV”, oficina de construção de pipas e torneio de pipas, esmaltaria e banho de piscina.imagemPara Alcilene Martins, pedagoga do Serviço de Convivência, momentos como esse resgatam brincadeiras do passado. “Em uma era onde as crianças estão conectadas o dia todo a internet, a oficina de produção de pipa foi um grande exemplo, onde muitas crianças nunca se quer haviam brincado de soltar pipa, tiveram a oportunidade de produzir usando sua criatividade. Além de quebrar os preconceitos de brincadeiras de menina e menino, no SCFV todos participam”, detalhou Alcilene.

No município de Campina Grande, existem três polos de atendimento do SCFV, no bairro de Bodocongo, no CRAS Gloria, no CRAS São José da Mata e em Galante. Onde realizam atendimentos em grupos artísticos, cultural, lazer e esportivo, dentre outros, de acordo com a faixa etária dos jovens. Também conta com oficina de inclusão produtiva. Desta forma, fortalece as relações familiares e comunitárias.

Para aqueles que querem ingressar no Centro de Convivência e Fortalecimento de Vínculo e Centro de Referência em Assistencia Social – CRAS, basta ter perfil de acordo com o PAIF ( Proteção e Atendimento Integral a Família), de acordo com as normativas do SUAS, e ir até a unidade do CRAS de abrangência territorial.

Fonte: Codecom
COMPARTILHE