STTP alerta que idosos representam 13% dos passageiros no transporte coletivo de Campina Grande durante pandemia de coronavírus

O Superintendente da STTP, Félix Neto, durante entrevista na manhã desta sexta-feira,27, fez um alerta preocupante de que, contrariando as recomendações do Ministério da Saúde em evitar saídas desnecessárias, muitos idosos de Campina Grande tem utilizado com frequência o transporte coletivo durante a pandemia do novo coronavírus.

De acordo com dados divulgados pela STTP, mesmo com a redução da frota de ônibus e consequente redução do número de passageiros, o número de idosos dentro do transporte coletivo neste período tem sido de aproximadamente 13% dia, conforme dados mensurados nos números com base na quantidade de “passes livres”.imagemOs números registrados pela STTP mostram que desde a segunda-feira, 16, quando 106 mil passageiros utilizaram o transporte coletivo, houve uma grande diminuição nestes últimos dez dias, onde nesta quinta-feira, 27, fechou um número de 15.000 passageiros transportados. Isso representa que uma significativa parcela da população está ficando em casa, deixando de utilizar os ônibus.

E, o que chama a atenção é que nesta quinta-feira,26, foram transportadas, nos ônibus de Campina Grande, 15.169 pessoas. Desse número, 2.100 idosos com mais de 65 anos, o que representa 13.8% dos passageiros.

Já num exemplo bem prático, como base num demonstrativo de uma carteira de gratuidade, foi detectado que um único idoso, embarcou 10 vezes nos últimos três diasm onde só no dia 24 ele fez cinco viagens.

Com isso, a STTP está recomendando que idosos, a partir de 65 anos, evitem utilizar ônibus. É uma orientação preventiva, numa forma de resguardar essa população e evitar o contágio.

Ainda, segundo Felix “é justamente essa a nossa preocupação e das demais autoridades, onde o isolamento social desse grupo é para evitar o contágio que pode ser fatal, numa série de fatores que podem colaborar para que esse grupo seja mais afetado que a população em geral”, comentou.

Além da recomendação para os idosos, a STTP e as empresas de ônibus vêm reforçando ações para prevenção do coronavírus no sistema de transporte coletivo. A ideia é conscientizar a população para evitar o contágio e aumentar o trabalho de higienização que está sendo feito no Terminal de Integração e nos ônibus.

 Fonte: Codecom

COMPARTILHE