Um ano de vacinação: Mortalidade por covid-19 cai 96% em Campina Grande

Era 19 de janeiro de 2021 quando se iniciava a vacinação contra a covid-19 em Campina Grande. Os primeiros a serem imunizados foram os profissionais de saúde da linha de frente de tratamento dos pacientes com o novo coronavírus. Neste primeiro ano de campanha de imunização, 332.598 campinenses foram vacinados com ao menos uma dose e 726.615 doses foram aplicadas, entre primeiras, segundas, terceiras doses e reforços.

Na contramão do crescimento expressivo da vacinação, está o número de casos, de internações e de mortes por covid-19. Em dezembro de 2020, antes de começar a imunização, a cidade teve 123 internações e 29 óbitos. Um ano após, em dezembro de 2021, o município alcançou 11 internações e apenas uma morte, durante o mês.

Os dados apontam uma redução de 96,55% no número de óbitos e 91,05% no índice de internações. “É realmente um resultado muito positivo o da vacinação. E através desse processo, estamos podendo salvar vidas, evitar que muitas pessoas sejam internadas e permitir a retomada das nossas atividades. Estamos muito felizes com os resultados”, avaliou o secretário de Saúde, médico Gilney Porto.

A primeira pessoa imunizada na cidade foi o técnico de enfermagem Joseildo Silva, conhecido nacionalmente como um símbolo dos trabalhadores de saúde de linha de frente. Um ano após a primeira dose, ele já está com esquema vacinal completo, com três doses no braço. “Foi uma felicidade imensa e, dessa forma, pude me proteger e proteger a minha mãe, que era a minha maior preocupação”, disse.

Após Joseildo, milhares de profissionais de saúde foram vacinados, junto aos idosos, que eram considerados grupos prioritários. Depois, foram vacinados os trabalhadores de algumas áreas como motoristas de transporte coletivo e agentes de limpeza pública e, em seguida, vieram as pessoas com comorbidades para, enfim, a vacinação avançar por faixa etária. Hoje, passado um ano, a cidade entra na vacinação de crianças de 10 anos de idade.

Foram traçadas várias estratégias na vacinação do município, com agendamento através de site e aplicativo, realização de dias D, ações de drive-thru, vacinação em abrigos de idosos, instituições de ensino, unidades hospitalares, ações no Parque do Povo e uma série de atividades de promoção da campanha.

Atualmente, 332.598 pessoas receberam a primeira dose, o que corresponde a 86% do público vacinável da cidade, de 5 anos de idade acima. Desse total, 309.947 já receberam a segunda dose e 84.070 tomaram a dose três. Esta semana, já se iniciou a aplicação de quartas doses para pessoas imunossuprimidas. É a maior campanha de imunização da história de Campina Grande.

Codecom

Compartilhar