UPAs de Campina Grande realizam cerca de 150 mil atendimentos em 2019

As Unidades de Pronto Atendimento 24h de Campina Grande (UPAs) realizaram cerca de 150 mil atendimentos em 2019. Na UPA Dr. Maia, no Alto Branco, foram atendidas  79.484 pessoas, enquanto na UPA Adhemar Dantas, do Dinamérica, 70.534 pacientes deram entrada.

Os casos clínicos lideram o número de ocorrências. Só na UPA Dr. Maia, foram mais de 47 mil atendimentos clínicos. Em seguida, vê os casos de ortopedia e pediatria. As duas unidades contam com áreas de classificação de risco e a maioria dos casos foi classificada como “verde”, o que significa que o paciente tem pouca gravidade. Além disso, existem as alas, “amarela”, para casos que precisam de mais atenção, e a ala “vermelha”, para casos considerados graves.imagemA Secretaria Municipal de Saúde tem investido nas unidades que prestam um atendimento importante para a população da cidade. Recentemente, a UPA Adhemar Dantas foi selecionada  pelo Ministério da Saúde para participar do projeto de Reestruturação e Humanização no fluxo de atendimento de pacientes. O projeto, que é uma parceria do ministério da Saúde com a Universidade Federal Fluminense (RJ), tem como objetivo melhorar a eficiência dos serviços prestados aos usuários do Sistema único de Saúde.

A UPA 24h Adhemar Dantas, inaugurada em 2017, é de porte II, tem onze leitos de observação, três leitos de ala vermelha, e mais dois leitos extras para casos de urgência, tem sala para inalação e consultórios, 16 poltronas de medicação, sala de raio-x e eletrocardiograma. A unidade funciona com 3 médicos clínicos em cada turno. imagemA UPA 24h Dr. Maia, é de porte III, tem três médicos em cada turno do dia, totalizando nove profissionais diariamente, sendo clínicos gerais, ortopedista e pediatra. São mais de 50 funcionários, 19 leitos da ala amarela, 5 da ala vermelha e 2 de isolamento, sala de classificação de risco, farmácia, sala de raio-x, sala de imobilização e sutura, laboratório, e o serviço de telemedicina para consultas especializadas e exames de eletrocardiograma.imagem

Fonte: Codecom
COMPARTILHE